Rádio Panorama FM 87,9

LATEST NEWS

Prefeitura de Lauro de Freitas realiza barreira sanitária em todas as USFs nesta sexta-feira (21); município tem aumento de casos ativos


Na manhã desta sexta-feira (21), das 8h às 12h, a Secretaria Municipal de Saúde (SESA) de Lauro de Freitas, vai realizar barreiras sanitárias em todas as Unidades de Saúde da Família (USFs) do município, para realização de avaliação médica, testagem rápida para detecção da Covid-19 e orientações à população sobre a doença. O atendimento será realizado mediante a apresentação de documento oficial com foto, comprovante de residência e cartão do SUS.

A barreira sanitária faz parte das ações realizadas pela administração municipal para intensificar o controle da pandemia do novo coronavírus, que já causou a morte de 525 pessoas no município. Lauro de Freitas contabiliza atualmente o número de 314 casos ativos para a doença, número que aumentou significativamente nos últimos 30 dias, conforme têm ocorrido na Bahia e em todo o Brasil.

Além das medidas para evitar a proliferação do coronavírus, Lauro de Freitas avança na vacinação contra a Covid-19. Mais de 183 mil pessoas já receberam a 1ª dose de alguma das vacinas disponibilizadas pelo Plano Nacional de Imunização. O número de pessoas imunizadas com a 2ª dose já chegou à marca superior a 154 mil, e mais de 50 mil já receberam a 3ª dose.

fonte: Prefeitura de Lauro de Freitas

Elza Soares morre aos 91 anos

Elza Soares morreu aos 91 anos nesta quinta-feira (20), no Rio de Janeiro. “É com muita tristeza e pesar que informamos o falecimento da cantora e compositora Elza Soares, aos 91 anos, às 15 horas e 45 minutos em sua casa, no Rio de Janeiro, por causas naturais”, diz o comunicado enviado pela assessoria da cantora.

“Ícone da música brasileira, considerada uma das maiores artistas do mundo, a cantora eleita como a Voz do Milênio teve uma vida apoteótica, intensa, que emocionou o mundo com sua voz, sua força e sua determinação.”

“A amada e eterna Elza descansou, mas estará para sempre na história da música e em nossos corações e dos milhares fãs por todo mundo. Feita a vontade de Elza Soares, ela cantou até o fim.

O corpo da cantora será sepultado no Jardim da Saudade Sulacap, na tarde de sexta-feira (21), depois do velório no Theatro Municipal do Rio.

Elza Soares: um ícone da música brasileira

Pedro Loureiro, empresário de Elza, disse ao g1 que a cantora estava bem e tinha gravado um DVD dois dias antes. Ela acordou e fez fisioterapia. Estava com a respiração ofegante, mas garantiu a todos que estava bem. Mas foi ficando mais ofegante e disse aos familiares: “Eu acho que eu vou morrer”.

A declaração acendeu o alerta: os familiares foram checar sua pressão e oxigenação, e notaram uma pequena alteração. Pedro e os familiares chamaram o médico de Elza, que enviou uma ambulância para o local por precaução, mas 40 minutos depois, Elza foi mudando o semblante, até que apagou.

Foi uma morte tranquila, sem traumas, sem motivo. Morreu de causas naturais. Esse, aliás, era um grande medo dela: ter uma morte sofrida, por doença. Hoje, ela simplesmente desligou”, conta Pedro.

Vida difícil

Elza Gomes da Conceição foi uma das maiores cantoras da música brasileira. Filha de uma lavadeira e de um operário, ela foi criada na favela de Água Santa, subúrbio de Engenho de Dentro. Elza cantava, desde criança, com a voz rouca e o ritmo sincopado dos sambistas de morro.

Casou-se obrigada aos 12 anos, virou mãe aos 13 e viúva aos 21. Foi lavadeira e operária numa fábrica de sabão.

A vida não foi fácil com a cantora que carregava lata d’água na cabeça desde a infância. Ela perdeu quatro filhos: dois foram os primeiros filhos de Elza em gestações que aconteceram quando ainda era adolescente. Eles morreram recém-nascidos.

Garrinchinha, único filho que a cantora teve com o jogador, morreu aos 9 anos em um acidente de carro em 1986, e Gilson faleceu aos 59 anos, em 2015, por complicações de uma infecção urinária.

Do sambalanço à eletrônica

Por volta dos 20 anos, Elza fez seu primeiro teste como cantora, na academia do professor Joaquim Negli. Foi contratada para a Orquestra de Bailes Garan e seguiu no Teatro João Caetano.

Ela começou a se destacar na música como parte da cena do sambalanço com “Se Acaso Você Chegasse”, em 1959.

fonte: g1

Novas instalações do PA Nelson Barros e da Policlínica Carlos Bastos serão inauguradas na Unime nesta sexta-feira (21)

As novas instalações do Pronto Atendimento Nelson Barros e da Policlínica Carlos Bastos serão inauguradas nesta sexta-feira (21), às 9h30. As unidades de saúde funcionarão na faculdade Unime Lauro de Freitas, na Av. Luiz Tarquínio Pontes, que também vai abrigar o Ambulatório de Medicina da Unime. Posteriormente, o local receberá a Secretaria Municipal de Saúde (Sesa) e a Central de Regulação. Para avaliar os últimos ajustes antes da abertura, a prefeita Moema Gramacho e o titular da Sesa, Augusto César Pereira, realizaram uma vistoria na manhã desta quarta-feira (19).

O novo complexo de saúde conta com estrutura de ponta, localização privilegiada e vai proporcionar a ampliação da capacidade de realização de atendimento mensal de 8 mil para 12.800. A mudança visa otimizar o acesso a serviços de saúde no município e ocorre através de uma parceria entre a gestão municipal e a unidade de ensino, conforme destacou Moema.

 “Vamos contar com um Pronto Atendimento e Novo Ambulatório, com instalações mais adequadas, mais novas e com atendimento mais moderno. Com isso, vamos atender mais pessoas com mais qualidade”, contou.

Moema ainda comentou sobre os serviços que serão disponibilizados na unidade. “Vamos começar com o atendimento emergencial, ambulatorial, clínico, laboratorial e pronto socorro odontológico. Vamos contar também com a ampliação de consultórios odontológicos, dos mais de 120 consultórios oferecidos na Unime, cinco serão disponibilizados para uso exclusivo do município. Na parte de emergência, o Pronto Atendimento Nelson Barros contará com estrutura ampla, mais moderna e com mais leitos. As pessoas vão contar com atendimentos médicos clínicos, pediátricos e odontologia em atendimento 24h”, contou.

O secretário de Saúde reforçou os benefícios para a população a partir da mudança. “As instalações são de primeira qualidade. Estamos ampliando as especialidades, os exames e a capacidade de atendimento emergencial. Tudo para melhor atender o povo de Lauro de Freitas”, afirmou César.

O local será transformado em um complexo de saúde e, posteriormente, em Hospital Escola. A segurança do espaço conta com o apoio da Guarda Municipal de Lauro de Freitas e do Governo do Estado, através de postos da Polícia Militar e equipes. A parceria também resultará em redução de gastos públicos de 32,6%.

Já o antigo Nelson Barros será transformado em um Posto de Saúde que vai abrigar duas Unidades de Saúde da Família (USF), e um Centro de Saúde do Trabalhador.

Atendimento

Na Unime, o Nelson Barros continuará com atendimento de urgência e emergência 24h para pacientes com classificação de risco azul a amarela, além de garantir o acesso da população ao atendimento ambulatorial, com as especialidades de Clínico Geral e Pediatria.

Os munícipes terão atendimentos em diversas especialidades: infectologista, psiquiatra, cardiologista, cirurgião pediátrico, obstetra, enfermeira preventivo, nefrologista, proctologista, homeopata, endocrinologista, hematologista adulto e pediátrico, além de pediatria e ortopedista, entres outras.


 fonte: Prefeitura de Lauro de Freitas

SIMM oferece 129 vagas de emprego nesta quinta-feira (20)

Os candidatos deverão acessar o site: www.agendamentosemdec.salvador.ba.gov.br para agendar o atendimento a partir das 17h30. (Em caso de deficiência visual, os candidatos deverão entrar em contato pelo número: 3202-2005 para o agendamento) O atendimento está sendo realizado de forma híbrida: presencialmente e remotamente, via whatsapp; a escolha é no momento do agendamento.

Cozinheiro geral
Ensino médio completo, 6 meses de experiência. Vaga zoneada para moradores do bairro Fazenda Grande do Retiro.
Salário: 1.265,00 + benefícios
1 Vaga

Auxiliar de classe
Ensino médio completo, 6 meses de experiência. Vaga zoneada para moradores do bairro Fazenda Grande do Retiro.
Salário: 1.265,00 + benefícios
5 Vagas

Professor séries iniciais
Ensino superior completo – Pedagogia, 6 meses de experiência. Vaga zoneada para moradores do bairro Fazenda Grande do Retiro.
Salário: 1.796,00 + benefícios
57 Vagas

Auxiliar de Pessoal (estágio)
Ensino superior incompleto exclusiva em Administração (estar cursando a partir do 4º semestre a noite), sem experiência, requisito imprescindível: Conhecimento em Pacote Office.
Bolsa: 827,48 + benefícios
2 Vagas

Almoxarife
Ensino médio completo, 6 meses de experiência, requisitos imprescindíveis: CNH B, carro próprio, Conhecimento do Pacote Office e vaga zoneada para moradores da Fazenda Couto, Simões Filho e região da Suburbana
Salário: 2.100,00 + benefícios
1 Vaga

Mecânico de Automóvel
Ensino médio completo, 6 meses de experiência
Salário: 1.100,00 + benefícios
1 Vaga

Ajudante de montagem para estrutura metálica
Ensino fundamental completo, sem experiência, desejável conhecimento montagem e desmontagem de balancim Elétrico e Manual.
Salário: a combinar + benefícios
4 Vagas

Oficial de manutenção predial
Ensino médio completo, 6 meses de experiência.
Salário: 1.568,00 + benefícios
4 Vagas

Operador de Telemarketing (estágio)
Ensino Superior incompleto em Administração ou áreas afins (estar cursando a partir do 2º semestre a noite), sem experiência, imprescindível conhecimento com Pacote Office.
Bolsa: 700,00 + benefícios
4 Vagas

Servente de limpeza
Ensino fundamental completo, 6 meses de experiência, imprescindível curso de NR-35, disponibilidade para trabalhar em Altura.
Salário: a combinar + benefícios
1 Vaga

Cumin
Ensino médio completo, 6 meses de experiência, desejável residir em Barra e adjacências.
Salário: a combinar + benefícios
2 Vagas

Cozinheiro de Restaurante
Ensino médio completo, 6 meses de experiência, desejável residir em Barra e adjacências.
Salário: a combinar + benefícios
2 Vagas

Barman
Ensino médio completo, 6 meses de experiência, desejável residir em Barra e adjacências.
Salário: a combinar + benefícios
2 Vagas

Maitre
Ensino médio completo, 6 meses de experiência, desejável residir em Barra e adjacências.
Salário: a combinar + benefícios
2 Vagas

Atendente Comercial
Ensino médio completo, 6 meses de experiência, requisitos imprescindíveis: ter disponibilidade de horário e experiência como vendedor ou consultor de vendas.
Salário: a combinar + benefícios
2 Vagas

Encanador de Manutenção
Ensino médio completo, 6 meses de experiência, requisitos imprescindíveis: experiência com manutenção hidráulica residencial e predial, CNH B e Carro.
Salário: 1.559,85 + benefícios
2 Vagas

Técnico em Fibra óptica
Ensino médio completo, 6 meses de experiência, requisitos imprescindíveis: Experiência em preparação de caixa de emendas, Cto e utilização de otdr para análise e CNH B.
Salário: a combinar + benefícios
4 Vagas

Salgadeiro
Ensino médio completo, 6 meses de experiência, imprescindível conhecimento em salgados finos e tortas salgadas.
Salário: 1.212,00 + comissão por produção + benefícios
1 Vaga

Lavador de Roupa
Ensino médio completo, 6 meses de experiência, ter disponibilidade de horário e para trabalhar em Stella Maris
Salário: a combinar + benefícios
1 Vaga

Passador de roupas
Ensino médio completo, 6 meses de experiência
Salário: a combinar + benefícios
1 Vaga

Motorista de reboque
Ensino médio completo, 3 meses de experiência, CNH D, imprescindível experiência em reboque de veículos.
Salário: a combinar + benefícios
2 Vagas

Operador de Caixa
Ensino médio completo, 6 meses de experiência, requisitos imprescindíveis: experiência recente como Caixa somente nas seguintes áreas: Farmácia, Padaria, Lanchonete e Loja, ter disponibilidade de horário e para trabalhar em Ondina.
Salário: a combinar + benefícios
2 Vagas

Oficial de Rede
Ensino médio completo, 6 meses de experiência, requisitos imprescindíveis: experiência com lançamento ou remoção de cabos de fibra óptica aérea ou subterrânea, identificação dos cabos, colocação de bape, equipagem de poste e adequação predial.
Salário: a combinar + benefícios
3 Vagas

Técnico instalador de internet FTTH …….

fonte: Informe Biano

Saúde antecipa R$ 104 milhões a cidades da Bahia afetadas pelas chuvas


O Ministério da Saúde oficializou o repasse de R$ 104,6 milhões para a Atenção Primária dos 155 municípios da Bahia que decretaram estado de calamidade pública devido às fortes chuvas, uma verba que está sendo antecipada para o estado. A portaria antecipando o dinheiro foi assinada hoje (19) pelo ministro Marcelo Queiroga. A Atenção Primária é a porta de entrada do Sistema Único de Saúde (SUS).

Além do apoio financeiro, desde o início das enchentes, 182 novos profissionais vinculados ao Projeto Mais Médicos para o Brasil (PMMB) iniciaram suas atividades no estado.

João Roma e Marcelo Queiroga,
© Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O Ministério da Saúde permitiu ainda que os profissionais do PMMB intercalassem a atuação na Unidade Básica de Saúde (UBS) com plantões na rede assistencial do SUS durante o período de emergência. Houve também suspensão temporária dos recessos dos profissionais pelo período de 30 dias. Atualmente, 1.497 profissionais estão atuando na Bahia.

Pelo menos 26 pessoas morreram no estado em decorrência de enchentes e alagamentos, que começaram no final de dezembro e deixaram 30.915 pessoas desabrigadas e 62.731 desalojadas. Em todo o estado 166 municípios foram afetados pelas chuvas, dos quais 154 estão com decreto de situação de emergência. 

fonte: informe baiano

Feminicídio em Vida Nova: família diz que mulher foi morta com facada no coração

Uma mulher identificada como Marcela Cristina Souza Barreiros, 34 anos, foi encontrada morta dentro de casa, na manhã desta terça-feira (18/01), na cidade de Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador. O crime teria ocorrido no último domingo, no Conjunto Vida Nova, no Caminho 56.

Em contato com o Informe Baiano, uma familiar disse que a vítima foi atingida por uma facada no coração e o autor do crime teria sido o marido dela, de prenome André. “A mãe dela estava ligando pra ela e ela não atendia. Mandou o padrasto ir até a casa dela. Chegando lá, o padrasto encontrou ela morta. E o marido dela havia fugido”, disse ao IB.

Ainda segundo a parente de Marcela, uma pessoa “escutou ela gritar socorro e escutou o marido falando: ‘eu vou te matar’. E logo em seguida um silêncio”.

“Vizinhos viram que ontem (segunda-feira) pela tarde ele abriu a loja de bolos que eles tinham. Ela já estava morta. Ele entrou na loja de bolo, pegou R$2 mil dela e fugiu. Ele matou ela no domingo, a perícia falou”, finaliza.

O casal tinha um filho de 7 anos. O caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

fonte : informe baiano

Só 5 estados vão pedir comprovante de vacinação nas escolas

Apenas cinco estados brasileiros decidiram pedir aos estudantes a apresentação de comprovante de vacina contra a Covid-19 para o retorno das aulas presenciais em fevereiro. Quem não tiver o documento, não será impedido de frequentar a escola, mas os pais e responsáveis terão que apresentar justificativa por não ter vacinado a criança ou adolescente.
Especialistas ouvidos pela reportagem entendem ser obrigação da escola exigir a apresentação do comprovante de vacinação, tanto para identificar quem e quantos estudantes não foram vacinados como para encaminhar os casos às equipes de saúde e assistência social. Para eles, as redes de ensino podem ser acusadas de omissão ao não pedir a comprovação.
Bahia, Ceará, Pará, Paraíba e Piauí são os únicos que decidiram solicitar o cartão de vacinação aos estudantes com mais de 12 anos. Como a imunização das crianças de 5 a 11 anos só teve início na sexta-feira (14), o documento ainda não vai ser exigido para elas.
Para os especialistas, a Constituição é clara ao definir que saúde e vacina são direitos da criança e do adolescente e é dever da família, da sociedade e do Estado garanti-los.
“A Constituição diz ser obrigação da família, da sociedade e do Estado preservar a vida e saúde das crianças. Se os órgãos competentes dizem que a vacinação é segura e eficaz, a família é obrigada a garantir a vacinação, e a sociedade, o que abarca a escola e o poder público, deve verificar se isso está ocorrendo, sob o risco de ser omissa”, diz Roberto Dias, professor de direito constitucional da FGV-SP.
As secretarias de educação que decidiram não solicitar o comprovante dizem que não podem impedir as crianças de serem matriculadas ou frequentarem as aulas caso não estejam vacinadas. No entanto, exigir o documento não significa impedir o acesso à escola, mas identificar os casos de não imunizados para conscientizar as famílias.
É o caso do Piauí. A Secretaria de Estado da Educação está elaborando com o Ministério Público um plano de ação para os casos que forem identificados de crianças e adolescentes que não foram vacinados contra a Covid. Na Paraíba, os pais e responsáveis que não vacinaram os filhos receberão visitas de equipes de saúde e do conselho tutelar.
“É claro que a escola não deve impedir a criança de estudar, porque seria uma dupla punição a esse estudante. Mas é obrigação da escola, e consequentemente das redes de ensino e autoridades, identificar quais crianças estão nessa condição, por qual motivo e agir para que tenham o direito assegurado”, diz o advogado Ariel de Castro Alves, integrante do Instituto dos Direitos da Criança e do Adolescente.
Para os especialistas, as tentativas do presidente Jair Bolsonaro (PL) de pôr em dúvida a segurança da vacinação nas crianças deram margem para que uma minoria da população passasse a questionar o direito dos pais de não imunizar seus filhos.
Pesquisa do Datafolha mostrou que a vacinação contra Covid para crianças tem o apoio de 79% da população brasileira com 16 anos ou mais. Os que a rejeitam são 17%, e os que não souberam opinar somam 4%.
“O presidente reacendeu a polêmica com a vacinação sobre as crianças, mas o entendimento em relação à imunização já está superado. Nessa situação, o interesse social se sobrepõe ao interesse individual. Os pais que não vacinarem seus filhos estão infringindo a Constituição e o ECA [Estatuto da Criança e do Adolescente]”, diz Nina Ranieri, professora da Faculdade de Direito da USP.
O ECA prevê ser obrigatória a vacinação das crianças e adolescentes nos casos recomendados pelas autoridades sanitárias, o que se aplica à vacina contra a Covid. Em dezembro, a Anvisa aprovou o uso do imunizante da Pfizer para a faixa de 5 a 11 anos e recomendou a aplicação, já que os estudos indicaram uma eficácia de 90% nesse público.
Pais e responsáveis que não vacinarem seus filhos podem ser multados e até perder a guarda, caso descumpram a determinação repetidamente.
Além da previsão legal, os especialistas citam decisões recentes do Supremo Tribunal Federal (STF) que garantiram jurisprudência para decisões mais protetivas. Em dezembro de 2020, pais veganos foram parar na Justiça após pleitearem o direito de não vacinar os filhos por considerarem o procedimento invasivo. Eles recorreram da decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo, que determinou a vacinação.
Leia mais: 
Leitos UTI adulto na Bahia têm 65% de ocupaçãoBahia atinge 10.980 casos ativos de Covid-19Portugal bate recorde de mortes e tem explosão de casos

No STF, perderam por unanimidade
Ranieri cita ainda a decisão do STF, também de dezembro de 2020, que liberou União, estados e municípios para aprovar leis que restringem direitos das pessoas que não quiserem se vacinar.
“Não existe vacinação à força, mas estão liberados instrumentos que induzam as pessoas a se vacinarem. O mesmo vale em relação às crianças, por isso, as escolas podem sim exigir o comprovante como condição ao retorno presencial”, diz a professora.
Ainda que tenha defendido a vacinação de crianças, o governador João Doria (PSDB) decidiu que não irá exigir o documento nas escolas do estado, sejam estaduais ou particulares. Segundo a Secretaria de Educação paulista, há apenas uma recomendação para que as unidades da rede estadual peçam o comprovante aos estudantes.
A Prefeitura de São Paulo determinou que as escolas municipais devem solicitar a carteirinha de vacinação e o comprovante de vacina contra a Covid no ato da matrícula ou rematrícula dos alunos. A regra, no entanto, não vale para as particulares.
Sem uma determinação do estado, diretores de colégios particulares relataram à reportagem que se sentem desamparados juridicamente para exigir o documento de seus alunos. Eles dizem já ter recebido informações de pais que pretendem não vacinar os filhos e não sabem como proceder nesses casos.
Os especialistas dizem, no entanto, que mesmo sem uma regra municipal ou estadual para amparar os colégios, eles estão assegurados pela legislação nacional e decisões anteriores do STF.
“Pode não haver uma lei específica em relação à vacinação da Covid, mas elas estão amparadas constitucionalmente. Vou além e digo que as escolas se protegem mais ao exigir o comprovante do que não fazendo, porque elas estão assegurando a saúde de seus profissionais e alunos”, diz Dias.
*
Veja o que está previsto na Constituição e no ECA
O que diz a Constituição
Art. 196º. A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação.
Art. 227º. É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança, ao adolescente e ao jovem, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária, além de colocá-los a salvo de toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão.
O que diz o ECA
Art. 5º. Nenhuma criança ou adolescente será objeto de qualquer forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão, punido na forma da lei qualquer atentado, por ação ou omissão, aos seus direitos fundamentais.
Art. 6º. Na interpretação desta Lei levar-se-ão em conta os fins sociais a que ela se dirige, as exigências do bem comum, os direitos e deveres individuais e coletivos, e a condição peculiar da criança e do adolescente como pessoas em desenvolvimento.
Art. 14.
§ 1º É obrigatória a vacinação das crianças nos casos recomendados pelas autoridades sanitárias.

fonte: Bocão News

CV contra CV: integrantes da mesma facção em guerra matam jovens no IAPI

Um rapaz foi morto no início da tarde desta segunda-feira (17/01), no bairro do IAPI, em Salvador. O crime aconteceu por volta das 12h, na localidade do Brongo.


De acordo com um morador em contato com o Informe Baiano, a vítima foi realizar uma compra em um mercadinho quando acabou sequestrada por traficantes e atingida por mais de 30 tiros. O jovem, que aparentava ter menos de 21 anos, morreu no local.
“Tiraram fotos dele antes de morrer, torturaram e depois mataram. Tá uma guerra entre o tal do ‘Macaco’ que é o dono do ‘Murão’ e ‘Seu Pena’ da ‘Floresta’. Os dois são do Comando Vermelho e agora o negócio tá daquele jeito. Tiros todos os dias”, relatou a fonte.
“Na segunda passada teve outra morte. Só que foi ao contrário. Os caras do ‘Murão’ invadiram a ‘Floresta’ de tarde e mataram um novato. Aí agora foram os caras da ‘Floresta’ que viram o cara do ‘Murão’ no ‘Brongo’ e fizeram essa covardia”, explicou o morador.
O caso deverá ser investigada pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
Nota da Polícia Militar
“De acordo com informações da 37ª CIPM, por volta de 11h50 desta segunda-feira (17), o Cicom informou disparos de arma de fogo na localidade conhecida como Brongo, no bairro do IAPI. No local, as guarnições encontraram um homem ao solo e sem sinais vitais. Os policiais isolaram a área e acionaram o Departamento de Polícia Técnica (DPT) para remoção do corpo e realização da perícia. A Polícia Civil investiga o caso”.

fonte: informe biano

Mais de 400 dependentes de álcool e drogas são atendidos no Caps AD de Lauro de Freitas

“O Caps mudou minha vida, me deu uma nova oportunidade de sonhar e lutar para realizar cada um dos meus sonhos junto com a minha família e meus amigos”. O relato emocionado é de Cláudio Manoel dos Santos*, 25 anos, que há cerca de três meses é acompanhado pela equipe multidisciplinar composta por médicos, terapeutas, assistentes sociais, farmacêuticos e técnicos do Centro de Atenção Psicossocial – Álcool e Drogas (Caps – AD), localizado no bairro do Caji, em Lauro de Freitas. Ele, através do cuidado e atendimento humanizado, conseguiu se afastar da dependência química.

Assim como ele, atualmente outras 472 pessoas são assistidas pelo equipamento. No local, que tem mais de 5 mil m² de área verde, piscina e espaço de convivência, são desenvolvidas oficinas de musicoterapia, artesanato, psicoterapia ou consultas com médicos psiquiatras e atividades físicas. “O Caps funciona de portas abertas, ou seja, pessoas com problemas relacionados a álcool e outras drogas são acolhidas e, de acordo com suas necessidades, são realizados os encaminhamentos”, explica a coordenadora da unidade, Leylane Andrade.

Enquanto aguardava sua vez para receber atendimento, Leia Silva*, relatou que sofre com a dependência do álcool desde a infância. “Eu era muito nova quando comecei a buscar na bebida o consolo que muitas vezes não encontrava em casa”, conta ela. A dona de casa lembra o momento exato em que decidiu transformar sua vida. “Eu acabei perdendo tudo, perdi emprego, casa, família e minha dignidade. Então uma amiga me chamou para vir até o Caps e buscar ajuda”, disse.

As histórias de superação se confundem em cada assistido que percorre as salas do Caps. O psiquiatra e especialista em dependência química, Rogério Jesus, relata que por conta da pandemia, nos últimos dois anos houve um crescimento em relação a necessidade de buscar atendimentos relacionados à saúde mental.

“As incertezas de diversas naturezas fazem aumentar o grau de ansiedade ou o medo do futuro incerto e quando isso não é devidamente tratado aumenta os sintomas de depressão. O indivíduo que sofre psiquicamente precisa buscar atendimento e ter imediata assistência”, frisou.

O CAPS-AD funciona de segunda a sexta-feira das 07h às 16h, na rua dos Prazeres, Caji. Os atendimentos são direcionados a crianças, adultos e idosos com transtornos decorrentes do uso e dependência de substâncias psicoativas. Para pacientes que queiram buscar o atendimento pela primeira vez, os dias de acolhimento são: segundas, terças, quartas ou sextas. Mais informações pelos números 3288-7407 ou 3288-7306.

Janeiro Branco

“Não há saúde sem saúde mental”, a frase de conscientização utilizada pela Organização Mundial de Saúde recebe o reforço com a campanha mundial Janeiro Branco. Em Lauro de Freitas, durante o primeiro mês do ano, o tema é abordado nas salas de espera das Unidades de Saúde da Família e das três unidades do Caps – Caps AD, Infantil e Caps Eduardo Alves de Araújo.

O médico explica que muitos fatores podem colocar a saúde mental do indivíduo em risco, entre eles estão a violência, situações de violação de direitos humanos, mudanças sociais rápidas, estresse no ambiente de trabalho e discriminação.

“Tratar o tema saúde mental é fundamental e deve ser feito durante todo o ano. Essa abordagem pontual em janeiro chega para que vejamos que é preciso discutir e não há como imaginar que este indivíduo possa ficar sem algum tipo de atendimento ou assistência”, alertou.

fonte: Prefeitura de Lauro de Freitas

Três mortos no IAPI pela Rondesp

A Operação Força Total da Polícia Militar foi verificar, na tarde de quinta-feira (13/01), uma denúncia que apontava um grupo de traficantes fortemente armados, no bairro do IAPI, em Salvador. A ocorrência foi por volta das 15h30, na localidade da Nova Divinéia.

Conforme a fonte do Informe Baiano, ao chegar no local, uma guarnição da Rondesp BTS foi recebida a tiros e houve intenso confronto. Três homens acabaram feridos e foram socorridos ao Hospital Ernesto Simões Filho, onde morreram.
Foram apreendidas uma submetralhadora calibre 9mm, duas pistolas calibre 9 mm, 50 trouxas de maconha, 80 pedras de crack e a quantia de R$ 47,00 em espécie. A ocorrência foi registrada na Corregedoria da PM.

fonte: Informe baiano