Rádio Panorama FM 87,9

LATEST NEWS

Peru declara novo presidente após um mês da eleição

Após um mês das votações, a Justiça do Peru reconheceu o novo presidente do país, Pedro Castillo nesta segunda-feira (19). O Jurado Nacional de Eleições, órgão responsável pelo processo eleitoral do país, oficializou a vitória do candidato esquerdista do partido Peru Livre sobre a direitista Keiko Fujimori mais de um mês depois do segundo turno. A posse está prevista para 28 de julho.
Keiko só disse nesta segunda, horas antes da proclamação do resultado, que reconheceria a vitória do adversário, mas manteve o tom duro: “Nossa defesa da democracia não termina com a proclamação ilegítima de Castillo”, criticou.
Em 6 de junho, dia da votação, foi impossível declarar um vencedor. A apuração mostrava margens minúsculas de diferença entre os dois candidatos. Ao fim, Castillo terminou na frente com uma diferença de 44 mil votos, mas Keiko se recusou a aceitar o resultado, acusou o adversário de fraude e entrou com processos na justiça eleitoral.

Vitória finaliza preparação para enfrentar a Ponte Preta

Com pouco tempo para treinar, o Vitória fez nesta segunda-feira (19) o seu último treino antes do confronto contra a Ponte Preta. A equipe realizou apenas dois dias de atividades. O trabalho foi feito no Barradão, palco da partida. O jogo acontece na terça (20), às 21h30.

O técnico Ramon Menezes não poderá contar com o meia Fernando Neto e os zagueiros Thalisson Kelven e Wallace para a partida contra a Ponte Preta. Os três jogadores foram vetados pelo departamento médico (saiba mais aqui).
Fernando Neto sentiu a coxa, enquanto Thalisson Kelven teve um problema na clavícula. Os dois jogadores foram substituídos no primeiro tempo da partida contra o Brasil de Pelotas. Já Wallace, que havia ficado de fora do último jogo em razão de cansaço muscula, foi poupado mais uma vez.

Ramon Menezes orientou atividades táticas com ênfase na organização defensiva e ofensiva. Bola parada foi treinada à exaustão.

O Vitória tem nove pontos e ocupa a 18ª posição na Série B. A Ponte Preta tem a mesma pontuação, mas perde nos critérios de desempate e figura em penúltimo.

Torneio em Lauro reúne olheiros de times das séries A e B; 15 atletas baianos foram selecionados

Mais uma edição do Torneio Seletivo ClubFut aconteceu neste final de semana, em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador. Mais de 200 atletas de toda a Bahia, entre 10 e 16 anos, foram avaliados por observadores técnicos de times das séries A e B do Campeonato Brasileiro. 

O evento aconteceu no sábado (17) e domingo (18), nas Arenas Evo. Estiveram presentes os olheiros do Bahia (Dedimar Lima), do Vitória (Advaldo Pereira), do Atlético Mineiro (Anthony Emanuel), do Fluminense (Anderson Lima), além do treinador Sub-15 do Leão da Barra (Lucho Pereira). 

Mais de 15 atletas foram selecionados pelos clubes.

Anvisa autoriza análise da eficácia de dose de reforço da AstraZeneca

zação de estudo clínico para avaliar a segurança, a eficácia e a imunogenicidade da aplicação de terceira dose da vacina contra covid-19 da AstraZeneca.


Segundo a Anvisa, o estudo inicial será feito em participantes que já receberam as duas doses do imunizante, com um intervalo de quatro semanas entre as aplicações. A dose de reforço será aplicada de 11 a 13 meses após a segunda dose.
A Anvisa explica que trata-se de um estudo de fase três, em que o voluntário não saberá o que tomou: se uma dose da vacina ou de placebo.
Voluntários
“Serão incluídos voluntários com idade entre 18 e 55 anos, que estejam altamente expostos à infecção com o novo coronavírus, como profissionais de saúde. Não serão incluídas gestantes ou pessoas com comorbidades”, explica a agência, em nota.
Segundo informou a Anvisa, o estudo, patrocinado pela AstraZeneca, será realizado somente no Brasil, nos estados da Bahia (1,5 mil voluntários), Rio de Janeiro (1,5 mil), Rio Grande do Sul (3 mil), Rio Grande do Norte (1,5 mil) e São Paulo (2,5 mil).
Após a quebra do “cegamento da pesquisa”, quando os voluntários ficam sabendo se receberam a vacina ou o placebo, todos os participantes do grupo placebo serão convidados a tomar a dose de reforço.
Proxalutamida
Nesta segunda-feira, também foi autorizada a realização de um estudo clínico para avaliar a segurança e a eficácia do medicamento proxalutamida na redução da infecção viral causada pelo novo coronavírus e no processo inflamatório provocado pela covid-19.
O estudo é de fase três e avaliará a eficácia e a segurança da substância em participantes ambulatoriais do sexo masculino com covid-19 de leve a moderada.
O estudo é patrocinado pela empresa Suzhou Kintor Pharmaceuticals, sediada na China, e será realizado na Alemanha, Argentina, África do Sul, Ucrânia, México, Estados Unidos e Brasil, onde participarão 12 voluntários do estado de Roraima e 38, de São Paulo.
Nesse domingo (18), o presidente Jair Bolsonaro disse que pediria estudos sobre o uso do medicamento no Brasil.

Casa invadida na Palestina, mulher morta e crianças amarradas

Uma mulher foi morta de forma brutal e covarde na noite de segunda-feira (19/07), no bairro da Palestina, em Salvador. O crime aconteceu por volta das 20h, dentro da residência da vítima, na Travessa Osni, próximo ao Mercado Jerusalém.



De acordo com a fonte do Informe Baiano, a mulher de prenome Cláudia teve a casa invadida e foi esfaqueada no quarto. Os filhos dela estavam no imóvel e foram amarrados pelos bandidos em outro cômodo.
Moradores relataram ainda ao IB que os assassinos estavam em busca do marido de Cláudia, que chegou ao local após o crime.
Vizinhas da mulher ficaram desesperadas e relataram que Cláudia era uma pessoa trabalhadora. O caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Bahia é dominado e leva cinco do Flamengo no estádio de Pituaçu

Um verdadeiro passeio. Assim pode se definir a dura derrota do Bahia para o Flamengo na noite deste domingo (18), em Pituaçu, pela 12ª rodada do Brasileirão. No placar, 5 a 0 para o rubro-negro. Os gols foram de Gabigol (três vezes), Pedro e Vitinho.

 
Com o resultado, o Tricolor segue com 17 pontos. A equipe volta a jogar no próximo domingo (25), às 11h, contra o Atlético Mineiro, em Belo Horizonte.
 
O JOGO
 
O Flamengo começou a partida assustando o Bahia. No primeiro minuto, Gabigol recebeu passe em profundidade e chutou para grande defesa de Matheus Teixeira. No entanto, o lance já estava anulado. No minuto seguinte, Gabigol cruzou e Michael, com liberdade, mandou por cima da meta.
 
A pressão continuou nos minutos seguintes. Com maior posse, o rubro-negro tentou com Willian Arão, que arriscou de fora da área e a bola passou perto.
 
De pênalti, Gabigol abre o placar
 
Aos 20 minutos, Nino Paraíba segurou Arrascaeta e ele caiu na área. A penalidade foi marcada e Gabigol não teve dificuldade para deslocar Teixeira e abrir o marcador.
 
Gabigol amplia
 
O Flamengo marcou o segundo aos 40 minutos. No lance, Isla recebeu bola de Arrascaeta e cruzou rasteiro para Gabigol, que finalizou de trivela, sem dar chances para Teixeira. 
 
Antes do final da primeira etapa, o Bahia teve uma chance com Ligger. Após cruzamento, a bola sobrou com o zagueiro, que finalizou e a bola bateu no braço de Gustavo Henrique antes de ir pra fora. A arbitragem, no entanto, não acusou o pênalti.
 
Segundo tempo
 
O Bahia começou o segundo tempo buscando o seu primeiro. Aos quatro, Gilberto recebeu passe de Rodriguinho e chutou na rede externa. Dois minutos depois, Galdezani acertou o travessão em um chute de fora da área.
 
Com sete minutos, o Flamengo reagiu. Na jogada, Gabigol recebeu bola no contra-ataque e ficou de cara com Teixeira. Na bola, o goleiro tricolor levou a melhor. Aos 10 minutos, Gustavo Henrique cabeceou, Léo Pereira desviou e Matheus Teixeira evitou o gol. 
 
Gabigol marca o terceiro
 
O show de Gabriel continuou aos 16 minutos. Everton Ribeiro avançou pelo meio e tocou em profundidade para o artilheiro, que não teve dificuldade para controlar a bola e mandar ela para a rede.
 
Gabigol marca o terceiro
 
O show de Gabriel continuou aos 16 minutos. Everton Ribeiro avançou pelo meio e tocou em profundidade para o artilheiro, que não teve dificuldade para controlar a bola e mandar ela para a rede.
 
Pedro faz o quarto
 
A margem do Flamengo continuou subindo no segundo tempo. Aos 28, Vitinho cruzou e Pedro finalizou de voadora para balançar a rede.
 
Aos 37, Edson ficou de cara com Diego Alves, mas o goleiro do Mengão fez uma grande intervenção.

Bahia registra 2.131 novos casos de Covid-19 e mais 31 mortes provocadas pela doença

A Bahia registrou nas últimas 24h mais 2.131 casos de Covid-19, 1.945 recuperados e 31 mortes provocadas pela doença. A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) ressalta que apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados hoje. 
Dos 1.173.423 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.137.569 já são considerados recuperados e 10.657 encontram-se ativos.
O boletim deste domingo contabiliza ainda 1.410.522 casos descartados e 229.213 em investigação. 
O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 25.197, representando uma letalidade de 2,15%. Dentre os óbitos, 55,76% ocorreram no sexo masculino e 44,24% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,92% corresponderam a parda, seguidos por branca com 22,49%, preta com 15,33%, amarela com 0,41%, indígena com 0,14% e não há informação em 6,72% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 60,05%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (72,63%).
Situação da regulação de Covid-19
Às 12h deste domingo, 9 solicitações de internação em UTI Adulto Covid-19 constavam no sistema da Central Estadual de Regulação. Outros 4 pedidos para internação em leitos clínicos adultos Covid-19 estavam no sistema. Este número é dinâmico, uma vez que transferências e novas solicitações são feitas ao longo do dia.
Vacinação
Com 5.604.441 vacinados contra o coronavírus (Covid-19) com a primeira dose, dos quais 2.102.286 receberam também a segunda aplicação, e mais 235.138 vacinados com o imunizante de dose única, até as 17 horas deste domingo, a Bahia já vacinou 52,3% da população baiana acima dos 18 anos (estimada em 11.148.781) com, pelo menos, a primeira dose. 

Auxílio emergencial é pago a beneficiários do Bolsa Família com NIS 1

Os beneficiários do Bolsa Família com Número de Inscrição Social (NIS) terminado em 1 recebem hoje (19) a quarta parcela do auxílio emergencial 2021. Os recursos podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem, por quem recebe pela conta poupança social digital, ou sacados por meio do Cartão Bolsa Família ou do Cartão Cidadão.



Com o depósito, a Caixa Econômica Federal inicia o pagamento da segunda parcela para os participantes do Bolsa Família. O recebimento dos recursos segue o calendário regular do programa social, pago nos últimos dez dias úteis de cada mês. Os pagamentos são feitos a cada dia, conforme o dígito final do NIS.

Mãe é absolvida após ter sido denunciada por levar iniciar filha no Candomblé

A Justiça de Campinas, em São Paulo, absolveu uma mulher de 33 anos denunciada pelo crime de “lesão corporal com violência doméstica agravada” depois de um ritual que iniciou a filha no candomblé. As informações são do portal G1.
O juiz destaca que o Estado não deve interferir nas liturgias religiosas e afirma que a tipificação da conduta como crime “revela inaceitável intolerância religiosa”. Cabe recurso.
Na denúncia oferecida à Justiça pelo Ministério Público (MP-SP), o promotor Gustavo Simioni Bernardo pedia a condenação da mãe porque ela teria ofendido a integridade física da criança ao participar do ritual.
No processo de escarificação, comum na prática religiosa de matriz africana e no ritual de iniciação, são feitas pequenas incisões na pele “para oferecer proteção à pessoa”.
O juiz Bruno Paiva Garcia, da Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Campinas (SP), descreve “flagrante atipicidade” da denúncia, diante um “fato narrado que evidentemente não constitui crime”.
Sobre as lesões apontadas no laudo pericial e anexadas à denúncia, o juiz destaca que são ínfimas, “que não causaram prejuízo físico, psicológico ou sequer estético à criança”.
“Em verdade, o comparecimento em Delegacia de Polícia na companhia do pai para delatar a mãe e a consequente submissão a exame médico-legal causou, possivelmente, constrangimento maior que a própria escarificação”, aponta.

Deputado bolsonarista coloca culpa em cachorro ao justificar falta de uso da tornozeleira

O deputado federal do Rio de Janeiro, Daniel Silveira (PSL), que descumpriu por dezenas de vezes a ordem de usar tornozeleira eletrônica, o que motivou a volta dele à prisão, apresentou na quinta-feira (15/07) justificativas à Polícia Federal. O político bolsonarista afirmou que um dos motivos para ter deixado o equipamento sem bateria foi o dano ao carregador, que, segundo ele, foi roído pelo seu cachorro dele.

Daniel Silveira disse ainda que na região onde ele mora há muitas quedas de energia e muitas das 22 vezes em que a tornozeleira ficou sem bateria ele estava dormindo por conta do uso de anti-inflamatório. O parlamentar também alegou que esqueceu de recarregar a bateria por estar participando de sessões na Câmara Federal.

Os agentes da PF vão realizar perícias para verificar as condições da cinta da tornozeleira eletrônica. Os investigadores também vão consultar a companhia de energia elétrica do Rio de Janeiro para saber se houve de fato falhas constantes no fornecimento de energia elétrica na região onde mora o deputado.

No final de junho, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, determinou que o homem retornasse à prisão por violar as medidas restritivas.

Segundo o ministro, com base em denúncia da Procuradoria-Geral da República, o parlamentar cometeu cerca de 30 violações ao sistema de monitoramento eletrônico.

Ao deixar a prisão em março, foi obrigado a cumprir uma série de medidas cautelares, entre elas o uso de tornozeleira eletrônica. Em maio, Silveira chegou a ficar mais de 16 horas sem contato com a central de monitoramento por falta de bateria no equipamento.

Detido em fevereiro deste ano por determinação do próprio Moraes por conta de ataques feitos ao STF e a ministros da corte, Silveira também defendeu o ato institucional número 5 (AI 5) que cassou direitos e liberdades durante o regime militar.