Rádio Panorama FM 87,9

Feminicídios crescem em 150% na Bahia em maio; pedidos de medida protetiva caíram

Os casos de feminicídio cresceram em 150% na Bahia em maio, em comparação com o mesmo mês do ano passado. Dados da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) apontam que, entre os dias 1º e 31, foram registrados 15 feminicídios, contra seis em 2019.

A SSP detalhou que dos 15 casos, três foram em Salvador e os outros 12 em cidades do interior da Bahia. Na capital, as vítimas eram jovens com idades entre 21 e 27 anos. Nos três casos, a história de inúmeros outros feminicídios se repete: a mulher tenta terminar o relacionamento, o companheiro não aceita e tira a vida dela.

Assim, Emanuele Natalícia Santos do Rosário, 21, e Laís Factum do Amparo, 27, foram assassinadas a tiros nos bairros da Engomadeira e Tancredo Neves, respectivamente. Também assim, Carine Matos Santana, 23, foi morta a facadas no bairro de Ilha Amarela. Os três bairros são de Salvador.

ex-companheiro de Carine, foi preso horas após o crime, escondido na casa de um parente. Ele tem 27 anos e não teve nome revelado por causa da nova Lei de Abuso de Autoridade, que criminaliza divulgação de identidade e imagem de suspeitos de crime. Ele passou por audiência de custódia e já foi integrado ao sistema prisional da Bahia.

Have your say