Rádio Panorama FM 87,9

Maior Drive-In de Salvador estreia ao som de buzinaço, clássicos do cinema e muito axé

No lugar dos aplausos, buzinaço. Com carros espalhados pelo estacionamento do Centro de Convenções, mantendo a distância de 1,5 m cada um, o maior Drive-In de Salvador estreou com muita música, cinema e axé na noite desta quarta-feira (29).

Logo na chegada, aferição de temperatura (quem tiver acima de 37,5 graus é orientado a procurar um posto de saúde mais próximo). O cardápio é via QR Code, localizado a cada grade de proteção que separa os carros. O contato com funcionários é mínimo, apenas quando é entregue algum lanche ou bebida após o pedido online (tudo devidamente higienizado e protegido em sacos).

QR Code para filas de lanchonete e banheiro — Foto: Danutta Rodrigues / G1 BA

QR Code para filas de lanchonete e banheiro — Foto: Danutta Rodrigues / G1 BA

Sair dos carros só é permitido para ir ao banheiro, e ainda assim após uma fila virtual também a partir do QR Code, todos devidamente de máscaras, assim como os funcionários do espaço. A cada veículo, apenas quatro ocupantes é permitido.

Para pedir ajuda ou alguma emergência, basta ligar o pisca alerta do carro que prontamente aparece alguém para te socorrer.

Na sessão de estreia, a banda de Salvador Hebert & Richard deu as boas-vindas ao som de clássicos do cinema, o que revisitou os antigos Drive-Ins da década de 40, 50… De Shallow Now a Twist and Shout, o grupo orquestrou a participação do público ao som das buzinas. Um espetáculo diferente, seguro e difícil de ficar parado, apesar das limitações de um carro.

Ao fim do show e uma sessão de fogos de artifício, o axé entrou em cena para consagrar o público baiano. O filme de estreia foi o documentário Axé – Canto do Povo de Um Lugar, de Chico Kertész, que conta a história do gênero musical baiano e os antigos carnavais. Durante a sessão, a orientação é manter o carro ligado para não descarregar bateria. E o áudio, para quem está longe, pode ser sintonizado em uma frequência de rádio.

Documentário Axé - Canto do Povo de Um Lugar, de Chico Kertész — Foto: Danutta Rodrigues / G1 BA

Documentário Axé – Canto do Povo de Um Lugar, de Chico Kertész — Foto: Danutta Rodrigues / G1 BA

Have your say