Rádio Panorama FM 87,9

LATEST NEWS

Prefeitura de Lauro de Freitas reforça campanha de arrecadação de alimentos


Responsável por garantir a segurança alimentar de famílias vinculadas a entidades socioassistenciais e pessoas em situação de vulnerabilidade social cadastradas no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e no Centro de Referência de Assistência Social (CREAS), o Banco de Alimentos de Lauro de Freitas reforça a importância da campanha de arrecadação de itens alimentícios. As doações ocorrem diariamente e ajudam a garantir a alimentação de mais de 1.500 famílias, todos os meses.

O equipamento atua há 13 anos na promoção da Segurança Alimentar e Nutricional (SAN), sendo de extrema importância durante a pandemia, que evidenciou as desigualdades sociais, conforme comentou o secretário de Desenvolvimento Social e Cidadania, Tito Coelho.

“Convocamos empresários e a sociedade civil no geral para que participem desse momento, nos ajudem a ajudar famílias e instituições que assistem pessoas em situação de vulnerabilidade. Se todos dermos as mãos, toda a sociedade ganha”, afirmou.



Nesta segunda-feira (26), o Banco de Alimentos estava abastecido com 1.655 Kg de hortifrúti e 1.980 kg de alimentos secos. Interessados em contribuir podem entregar os itens de segunda a sexta, das 8h às 14h, na sede da instituição localizada na Rua Euvaldo Santos Leite, s/n, ao lado do Restaurante Popular.

O Banco de Alimentos também atua com a entrega programada. Basta entrar em contato com a instituição através do telefone 071 3288-8646 e agendar a coleta dos itens. O local é administrado pelo Departamento de Segurança Alimentar e Nutricional da Semdesc.

Banco de Alimentos

Inaugurado em 2007, o Banco de Alimentos de Lauro de Freitas já doou mais de 530 toneladas de alimentos. O equipamento, que conta com mais de 21 instituições cadastradas, ainda presta educação alimentar e nutricional para as entidades vinculadas.




Paulo Gustavo não apresenta ‘complicações relevantes’ no estado de saúde há uma semana

Internado há um mês e meio, na UTI do hospital Copa Star, em Copacabana, Zona Sul do Rio de Janeiro, Paulo Gustavo tem tido oscilações no estado de saúde. O ator e comediante de 43 anos está em estado grave por causa de complicações geradas pela covid-19.
No entanto, a equipe médica demonstra otimismo ao divulgar o novo boletim, quando afimar que Paulo Gustavo não demonstra “complicações relevantes” há uma semana. A ausência de complicações e o surgimento de evidências de melhora na função pulmonar de Paulo “aumenta as nossas esperanças na boa recuperação do paciente”, informa.
Conforme boletim, ele tem demonstrado sinais discretos de interação com o meio, apesar de sedado. Por outro lado, foi detectada uma nova pneumonia bacteriana neste domingo, “que já está sendo eficientemente tratada”.
Apesar de alguns sinais de otimismo, o boletim médico do ator lembra que “como em outros casos graves, ocorrem oscilações no estado geral, demandando reajustes nas medicações, na ventilação mecânica e na ECMO, o que ainda determina a vigilância constante da equipe multiprofissional”.
Por fim, a família “agradece muito todo o carinho e orações e pede que continuem a enviar boas energias para a recuperação de todos os que se encontram na luta contra o vírus”.

Tarifas do metrô e ônibus metropolitanos serão reajustadas nesta terça-feira

Nesta terça-feira (27), os valores das passagens do metrô e das linhas rodoviárias metropolitanas sofrerão reajustes. A tarifa do metrô, cujo último aumento ocorreu em março do ano passado, será reajustada em 5,1%, passando a custar R$ 4,10. A tarifa de integração do metrô com os ônibus, seguindo a regra de cobrar o maior valor dos sistemas integrados, passará a ser R$ 4,40, mesmo preço cobrado pelos ônibus do Sistema de Transporte Coletivo por Ônibus (STCO), e do Sistema de Transporte Especial Complementar (STEC).


Já as linhas de ônibus metropolitanos, que são regulamentadas pela Agerba, terão reajuste conforme a área de circulação. As tarifas das linhas que compõem o Anel 1, ônibus que atendem as cidades de Simões Filho e Lauro de Freitas, passam de R$ 4,10 para R$ 4,30. O valor cobrado nas linhas do Anel 2, que atendem Camaçari e Candeias, passa de R$ 5,80 para R$ 6,10, e as tarifas das linhas que atendem o Anel 3, Dias D’Ávila, Mata de São João, São Sebastião do Passé, Madre de Deus, saem de R$ 8,10 e vão para R$ 8,60. De acordo com a Agerba, esse reajuste é concedido anualmente com base na correção de um conjunto de índices, a exemplo da variação do diesel, IPCA e INPC, que neste ano é de 5,85%.

Anvisa rejeita importação da vacina russa Sputnik V

Os cinco diretores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) rejeitaram, por unanimidade, a importação e o uso da vacina russa Sputnik V pelo Brasil. A decisão foi tomada na noite desta segunda-feira (26). O imunizante é produzido pelo Instituto Gamaleya, da Rússia. Os diretores do órgão se reuniram, de forma extraordinária, para avaliar os pedidos de nove estados para a aquisição da vacina.


O diretor da Anvisa, Alex Machado Campos, que é o relator do pedido, considerou que o imunizante pode trazer riscos à saúde. Além disso, foram apontadas falhas e pendências na documentação apresentada pelo fabricante. Ele se baseou em pareceres técnicos de três gerências da Anvisa, que fizeram uma apresentação no início da reunião.
“Para os pleitos ora em deliberação, o relatório técnico da avaliação da autoridade sanitária ainda não foi apresentado, os aspectos lacunosos não foram supridos, conforme as apresentações técnicas. Portanto, diante de todo o exposto, verifica-se que os pleitos em análise não atendem, neste momento, às disposições da Lei 14.124 e da Resolução da Diretoria Colegiada 476, de 2021, razão pela qual eu voto pela não autorização dos pedidos de importação e distribuição da vacina Sputnik V solicitados pelos estados que já relacionamos”, afirmou o diretor-relator. O voto do relator foi seguido pelos outros relatores da agência.
A deliberação foi marcada dentro do prazo estipulado pela Lei n º 14.124/21, e de acordo com a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski, que determinou a análise da questão dentro do prazo de 30 dias. Caso não houvesse essa análise por parte da Anvisa, a vacina poderia ser importada.
Os estados que tiveram seus pedidos avaliados pela Anvisa foram: Bahia, Acre, Rio Grande do Norte, Maranhão, Mato Grosso, Piauí, Ceará, Sergipe e Pernambuco. Além desses, também estão com pedidos pendentes de avaliação, ainda dentro do prazo, os estados de Rondônia, Sergipe, Tocantins, Amapá e Pará, e os municípios de Niterói (RJ) e Maricá (RJ). Ao todo, esses pedidos somam 66 milhões de doses, que poderiam vacinar cerca de 33 milhões de pessoas, por meio de duas doses.
Antes da votação dos diretores, gerentes de três departamentos da Anvisa apresentaram seus pareceres técnicos contra a compra da Sputnik V. Os relatórios foram incorporados ao voto do diretor-relator, Alex Machado Campos.

Lauro de Freitas e mais 11 municípios decidem não marcar data para retorno às aulas presenciais

Em reunião realizada nesta sexta-feira (23), gestores de Lauro de Freitas, Camaçari, Simões Filho, Mata de São João, Dias D’Ávila e Conde, que compõem o Consórcio Metro Recôncavo Norte, e Candeias, Madre de Deus, Santo Amaro, São Sebastião do Passé, Saubara e S. Francisco do Conde, que formam o Consórcio Baía de Todos os Santos, decidiram não marcar data para retorno das aulas nestes municípios.

O aumento de óbitos no mês de março, que registrou 3.229 mortes em função da Covid-19, após dois meses com média em torno de 1.500, o aumento de casos de novas variantes e jovens contaminados, além dos índices de ocupação de leitos de UTI’s foram alguns dos pontos que pesaram na decisão dos gestores. Foi levada em consideração ainda a ausência de uma programação mais efetiva para a vacinação dos trabalhadores da educação, reivindicação que há muito tempo vem sendo feita ao Ministério da Saúde (MS).

Esses dados foram apresentados à prefeita Moema Gramacho e aos gestores dos demais municípios durante o encontro, que contou com a presença do secretário estadual de Educação, Jerônimo Rodrigues, e da subsecretária de Saúde do Estado, Tereza Paim, secretários municipais de saúde e educação, e de técnicos das duas esferas.

A vacinação dos profissionais da Educação foi liberada recentemente pela Comissão Intergestores Tripartite do Estado da Bahia (CIB), no entanto, não houve ainda indicação do MS. Mesmo com a autorização da CIB, o número de doses enviadas pelo Ministério para os municípios ainda é muito pequeno e tem de atender aos públicos prioritários elencados na 1ª fase de vacinação, como profissionais de saúde, idosos acima de 60 anos e quilombolas.

“Sem uma programação mais efetiva da chegada de vacinas para os trabalhadores da educação, a nossa decisão foi de mantermos a cautela e de cobrar do Governo Federal mais celeridade na aquisição de mais vacinas, para termos mais segurança para os alunos, crianças, jovens e profissionais das escolas. Entendemos que as aulas presenciais contribuem muito para o aprendizado, mas não podemos descuidar da vida dos alunos e trabalhadores”, declarou a prefeita Moema Gramacho, presidenta do Consórcio Metro Recôncavo Norte.

De acordo com o prefeito de Camaçari, Elinaldo Araújo, uma nova reunião deverá ser convocada na próxima semana. “Na reunião faremos uma nova avaliação, desta vez com a participação de representantes do Ministério Público do Trabalho, Conselhos de Educação e Sindicatos das Categorias Profissionais. Enquanto isso, continuaremos com as aulas remotas e com tudo pronto para as aulas híbridas, aguardando o momento seguro para o retorno presencial”.

Salvador amanhece com tarifa de ônibus R$ 0,20 mais cara

Depois de uma semana conturbada devido ao impasse entre a Concessionária Salvador Norte (CSN) e a prefeitura de Salvador, a gestão anunciou na sexta-feira à noite (23) o reajuste da tarifa de ônibus para R$ 4,40, aumento que passa a valer nesta segunda-feira (26). O acréscimo de R$ 0,20 pegou todos os usuários do transporte público de surpresa já que o anúncio foi feito no desligar das luzes. 
A prefeitura argumenta que o reajuste é anual e que era previsto no contrato firmado com as concessionárias. Diz, ainda, que o novo valor deveria ter sido apresentado em março deste ano, mas devido a pandemia e a suspensão do contrato com a CSN, optou por adiar o aumento. 
“Passada esta fase, o aumento foi autorizado principalmente em função do aumento de insumos básicos para a operacionalização do serviço, em especial o preço do óleo diesel, que teve aumento acima dos 20% nos últimos meses. A análise para definição do valor da tarifa foi realizada pela Agência Reguladora e Fiscalizadora dos Serviços Públicos de Salvador (Arsal)”, explicou a prefeitura em nota. 
Com o novo valor, Salvador se iguala a maior cidade do país, São Paulo. Ganha do Rio de Janeiro (R$ 4,05), Grande Recife (R$ 3,75, algumas linhas) e Fortaleza (R$ 3,90, algumas linhas).
“A Prefeitura buscou adiar este reajuste o máximo possível por entender se tratar de um momento delicado para toda a população. Porém esse déficit poderia agravar ainda mais a crise vivida no transporte público, levando inclusive a um colapso do sistema, o que não podemos permitir que aconteça”, explica o secretário de Mobilidade, Fabrizzio Müller.

BBB 21: Camilla, Pocah e Arthur estão no Paredão; Gilberto é o novo líder

Gilberto Nogueira é o novo líder do Big Brother Brasil 21 (Globo), e indicou Camilla de Lucas ao 15º Paredão. A segunda emparedada foi Pocah, puxada por Camilla. O terceiro participante, indicado pelo voto da casa, foi Arthur. Nesta fase do reality, não tem Prova Bate Volta para se livrar do Paredão e os indicados vão direto para votação popular.
Gilberto levou a melhor na Prova do Líder realizada ao vivo durante a edição do programa deste domingo (25) logo após a eliminação de Viih Tube do reality.
A prova era um jogo de memória, onde várias imagens eram exibidas em uma ordem aleatória em um painel. Leifert questionava qual a figura apareceu em alguma ordem de exibição, e os participantes tinham de posicionar um código QR sobre ela. No final, Camila e Gilberto disputaram o líder.
O Vip foi destinado ao Arthur, e, a Xepa foi para Fiuk.

Governo prorroga até 3 de maio toque de recolher na Bahia

Em 227 municípios baianos (ver lista abaixo), o toque de recolher, das 20h às 5h, passa a vigorar até o dia 3 de maio. Nos demais municípios, continua restrita a locomoção noturna, vedados a qualquer indivíduo a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas, das 21h às 5h, também até o dia 3 de maio. A medida, que tem como objetivo conter a disseminação do novo coronavírus, foi publicada neste domingo (25), na versão on-line do Diário Oficial do Estado (DOE)

Os estabelecimentos comerciais que funcionam como restaurantes, bares e congêneres, localizados nos municípios listados abaixo, deverão encerrar o atendimento presencial às 19h, permitidos os serviços de entrega em domicílio (delivery) de alimentação até as 24h.

Fica vedada em todo o estado a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por delivery, no período das 18h do dia 30 de abril até as 5h do dia 3 de maio.

Transporte

A circulação dos meios de transporte metropolitanos deverá ser suspensa das 21h30 às 5h, de 26 de abril a 3 de maio.
No período entre 26 de abril e 3 de maio, a circulação dos ferry boats deverá ser suspensa das 21h30 às 5h, ficando vedado o funcionamento nos dias 1 e 2 de maio.

Também até o dia 3 de maio, a circulação das lanchinhas deverá ser suspensa das 21h30 às 5h. Nos dias 1 e 2 de maio, a circulação deverá ocorrer com a ocupação ao máximo de 50% da capacidade da embarcação.