Samuel Messias é acusado de queimar agenda para atender “grande evento”

O cantor gospel Samuel Messias está sendo acusado de queimar uma agenda na cidade de Campos dos Goytacazes no Rio de Janeiro.

Samuel era presença confirmada na União de Adolescentes da AD Campos – Ministério de Madureira (UNAADECAM), porém, de acordo com pessoas ligadas ao evento, ele cancelou em cima da hora, porque estaria participando do “Big Church Festival 2021” que estava acontecendo em São Paulo.

O artista avisou que não poderia comparecer no dia do evento às 16h00 e pediu para reagendar para outra data. Nas palavras do cantor, ele destacou que teve que cancelar por causa de um “grande evento”.

O Big Church Festival 2021 reuniu os principais nomes da música gospel brasileira, além de atrações internacionais, na Arena Anhembi, localizada na zona norte da capital paulista.

A organização da UNAADECAM não ficou nenhum pouco satisfeita com a justificativa do cantor gospel, que alegou que houve um problema com o alvará e o evento atrasou, o que fez com que ele não conseguisse chegar a tempo no aeroporto.

FONTE: www.fuxicogospel.com.br